compulsaosexual.com.br

Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo e de Prevenção aos Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (AISEP)

O Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo e de Prevenção aos Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (AISEP) trabalha com estudos observacionais e experimentais envolvendo compulsão sexual, comportamento sexual de risco, vida afetivo-sexual de pessoas com transtorno mental grave, a função sexual de pessoas que vivem com o HIV/AIDS, entre outras, através de pesquisas realizadas no Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

compulsaosexual.com.br - Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo e de Prevenção aos Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (AISEP)

Histórico

Histórico

     Em 2006 iniciamos o tratamento ambulatorial de sujeitos com comportamento sexual compulsivo no Programa de Estudos em Sexualidade (ProSex) e no Programa Ambulatorial Integrado dos Transtornos do Impulso (ProAMITI), ambos no Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP).

     Em 2007, na pesquisa de doutoramento “O comportamento sexual de sujeitos com aids referida: um estudo baseado numa amostrada população brasileira” encontrou-se associação entre “ter aids” e compulsividade sexual aumentada (Scanavino, 2007).

     A escassez de evidências científicas (pouquíssimos estudos com amostragem) acerca do comportamento sexual compulsivo e fatores associados (clínicos, psicopatológicos, resposta às intervenções, entre outros) deram ensejo à elaboração durante o ano de 2010 do projeto “Aspectos clínicos, psicopatológicos e comportamento sexual de risco dos sujeitos com Impulso Sexual Excessivo do Instituto de Psiquiatria do HCFMUSP, estudo caso-controle e de intervenção”.

     Diversas análises já foram feitas e publicadas em periódicos científicos ou apresentadas em Congressos (vide a seguir os links para as produções). Outras análises estão em andamentoTrata-se de um estudo inédito, que obteve auxílio à pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

     A partir de 2014 o escopo do Ambulatório foi ampliado passando a envolver pesquisas com pessoas com transtorno mental grave, pessoas que vivem com o HIV/AIDS e a atender casos de vítimas de violência sexual encaminhados do HC. Desta forma, passou a se chamar Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo e de Prevenção aos Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (AISEP) e ficou alocado no Centro de Reabilitação e Hospital Dia (CRHD) do IPq-HC-FMUSP.

 

Missão

     Devido à defasagem de evidências científicas quanto à abordagem clínica e terapêutica do comportamento sexual compulsivo, o ambulatório se mobilizou na direção de estruturar uma linha de pesquisa em compulsividade sexual a fim de investigar estes aspectos e prover à comunidade ações clínicas e terapêuticas com embasamento científico. Além disso, ampliou o escopo para investigar os desfechos negativos associados ao comportamento sexual. No momento, além da pesquisa acerca da compulsão sexual, se encontram em andamento investigações envolvendo pessoas com transtorno mental grave e pessoas que vivem com o HIV/AIDS.